Como saber que você encontrou “o vestido ideal” | Um pouco da história de como eu tive certeza

A busca pelo vestido perfeito pode levar dias, semanas… Ou até anos, se considerarmos o tempo de sonhos e pesquisas para aquela pastinha secreta “Casamento” que muita mulher tem (vai, confessa! Em algum momento da vida você já teve essa pastinha e nem era noiva ainda!).

O problema é que alguns fatores podem atrapalhar um pouco essa busca, e aí a coisa aperta.
Imagina, a vida inteira você sonha com o vestido e na hora V (de vestido… pfff, Mayra, Jura?) você não se encanta por nenhum.

Por quê?

– O Pinterest, apesar de ser uma ótima ferramenta de pesquisa, é um grande “criador de expectativas muito maiores do que a realidade”. Os vestidos de lá foram fotografados por profissionais, com cenário perfeito, iluminação incrível e modelos cujos corpos são um tanto quanto irreais. Quando a vendedora traz o vestido meio amassado de ficar na arara e coloca em você sem ele ter sido ajustado para o seu corpo, é claro que você não vai curtir muito.

– Nem sempre conseguimos visualizar que o vestido vai ser ajustado e pode ser modificado.

– Opinião dos outros: é legal quando outras pessoas se encantam pelo seu vestido, mas a pessoa que mais importa que goste é a NOIVA. Você amou? Então é seu.

– Os preços. Afinal, amar algo e descobrir que custa o triplo do que você tinha estipulado como verba pode ser desanimador #quemnunca?

Mas peralá… 
“E se eu gostei muito de um vestido? Devo comprar na hora e não procurar mais?”
Isso depende de você. Eu sou o tipo de pessoa que se fechasse a compra/aluguel de um vestido na hora que eu gostasse, ia ficar pensando: “Meu Deus, e se eu gostar mais de outro depois? E se eu achar algo parecido mas mais barato? OH CÉUS… “



O que eu fiz:

– Pesquisa: muito antes de sair para bater perna, selecionei várias fotos de vários tipos diferentes de vestidos que eu gostei.

– Mente aberta: como nunca me vesti de noiva, não sabia o que ficaria bem em mim, então cada um daqueles das fotos era uma possibilidade que eu deveria procurar. Fui em várias lojas da Rua São Caetano e mostrei as fotos. Provei vários modelos, mas quando provei um modelo X, percebi que era aquele modelo o melhor para mim. E adivinha: não era o que eu imaginava que ficaria melhor! E isso acontece muito: a noiva cisma que sonha em casar com um modelo, mas ele não fica tão bem nela quanto na modelo do Pinterest…

Tendo certeza sobre o modelo, não perca tempo com os outros: sabendo que modelo eu queria, fui nas lojas já indo direto ao ponto: quero um vestido no modelo X! E aí a saga de ver a infinidade de opções no modelo começou. Gostava de um detalhe de um, da saia de outro, do decote do terceiro… Pegava o cartão de uma loja com modelo e valor e lá vamos nós para a próxima!

Imagine o resultado final: chegando na Juarez Fernandes, provei um vestido com um detalhe que não gosto. Gostei de todo o resto, menos daquela coisinha… Não. Me falaram: isso pode ser tirado e podemos fazer assim, assim e assim. PERFEITO! Me apaixonei. Isso ilustra o que eu disse sobre imaginar o resultado final e considerar que mudanças podem ser feitas.

Fechei ali, na hora? Não!

Eu queria que minha mãe visse antes de qualquer coisa (ok que a opinião da noiva é o que mais importa, mas minha mãe é a melhor mãe do mundo então a DELA vale mais do que qualquer outra, ok? Hahaha). Então continuei a pesquisa, apenas para ter certeza. Fui outro dia com a minha irmã na rua das noivas de Osasco e provei mais um monte de vestidos no modelo que eu queria.
Mas todos que eu provava, pensava:
Aquele que gostei era melhor em tal e tal coisa. 
Aquele era mais bonito.
Aquele tem tal coisa que é melhor do que essa.

Vi que todos eu comparava com AQUELE.
O que fizemos?
Voltamos lá, negociamos e fechamos!

Isso tudo 1 ano e 2 meses antes do casamento.

Bom, isso faz 3 meses e até hoje, quando vejo um vestido (afinal, as pesquisas das demais coisinhas do casamento nunca acabam, então vira e mexe vejo algum vestido), por mais lindo que seja, sempre penso:

O MEU É MAIS LINDO.

E é assim que você sabe que escolheu o vestido ideal 🙂

Anúncios

4 comentários sobre “Como saber que você encontrou “o vestido ideal” | Um pouco da história de como eu tive certeza

  1. Pingback: 5 situações com vendedores de vestido que talvez você tenha que enfrentar | #ComoLidar | Tô casando!

  2. Pingback: 5 músicas para você relaxar esta semana #2 | Noiva Zen | Tô casando!

  3. Pingback: Vestido de noiva: quem pode ver? E quem não pode? | Tô casando!

  4. Pingback: Meu vestido de noiva | Confira os detalhes | Tô casando!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s